16 de dezembro de 2011

Provavelmente...


a pior entrevista que eu lá li na Ler. A Ler deixou de se poder ler depois disto. Não é o só o título de capa que cheira a senilidade, é todo o discurso do senhor em epígrafe que tresanda a fora de moda, a anacronismo, a demodé barato. A grande tragédia desta criatura é não saber ser nem estar como todos os outros da sua geração: quietinhos, em casa, à lareira, com uma mantinha sobre os joelhos e a ver as Manhãs da Júlia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Democracia exige Responsabilidade individual. Nicks, anónimos ou mensagens insultuosas demonstram faltam de auto-estima, comportamentos associais e incapacidade de lidar com a opinião alheia e, como tal, não serão publicados.