16 de dezembro de 2011

Afinal

existem historiadores em Portugal. São quarenta, todos republicanos e de esquerda e acham que é um crime erradicar o feriado 5 de Outubro. Por uma questão de direito ao descanso. Está em causa o ataque ao lazer, antes da destruição da memória. Virá aí uma História do Lazer em Portugal? É que uma obra colectiva assinada por estes 40 historiadores podia resultar num best-seller. Estranho, estranho, é que estes doutos só saiam da pedra quando espicaçados por um líder - aquele velhinho poeta de Coimbra. Porque quando é preciso defender a classe, a disciplina ou a cidadania em geral nenhum deles deixa a catédra para vir falar à plebe que agora pretende defender.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Democracia exige Responsabilidade individual. Nicks, anónimos ou mensagens insultuosas demonstram faltam de auto-estima, comportamentos associais e incapacidade de lidar com a opinião alheia e, como tal, não serão publicados.