1 de novembro de 2010

Dilma ganhou. E daí?


A maioria dos comentadores fala em continuidade e sucessão. O discurso republicano não deveria pautar-se por expressões como renovação e apartidarismo? De resto, Dilma não traz nada de novo. Não é primeira mulher a governar os destinos do Brasil, nem sequer o primeiro chefe de estado a prometer a erradicação da pobreza no Brasil. De prometer a cumprir, vai um passo enorme.

1 comentário:

  1. Essa mulher não acrescenta nada.
    Ao contrário, pelo empenho do apedeuta algo muito estranho querem esconder.

    ResponderEliminar

A Democracia exige Responsabilidade individual. Nicks, anónimos ou mensagens insultuosas demonstram faltam de auto-estima, comportamentos associais e incapacidade de lidar com a opinião alheia e, como tal, não serão publicados.