13 de junho de 2010

Pleitos.

«Diz assim um ditado, talvez do século XVI ou começos do século XVII: o francês não é recebido no céu por ser bêbado; o espanhol por ter aprendido as blasfémias dos soldados italianos; mas ao português abrem-se as portas de par em par quando se ouvir esta voz: dêem-lhe a coroa de mártir, porque gastou a vida e fazenda em pleitos.» M. Gonçalves da Costa, História do Bispado e Cidade de Lamego, 1977.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Democracia exige Responsabilidade individual. Nicks, anónimos ou mensagens insultuosas demonstram faltam de auto-estima, comportamentos associais e incapacidade de lidar com a opinião alheia e, como tal, não serão publicados.