28 de dezembro de 2009

Serpa Pinto (1846-1900)

Faz hoje 109 anos que, em Lisboa, faleceu o explorador Alexandre Alberto da Rocha de Serpa Pinto sobre quem, presentemente, escrevo. Não podia deixar passar este dia sem assinalar a efeméride, pois em alguma parte do percurso o biógrafo passa a viver a vida do biografado.

3 comentários:

  1. Olha aquele ar dele!..devia ser bem vaidoso..lol

    ResponderEliminar
  2. Que pose, que imponência, que postura
    de português antigo, que bravura
    respira a sua enérgica figura!

    São portugueses desta contextura
    que a Pátria necessita nesta altura!

    João de Castro Nunes

    ResponderEliminar

A Democracia exige Responsabilidade individual. Nicks, anónimos ou mensagens insultuosas demonstram faltam de auto-estima, comportamentos associais e incapacidade de lidar com a opinião alheia e, como tal, não serão publicados.