29 de abril de 2008

"Sigamos este carreiro"


(A foto é da autoria de Hugo Ribeiro, Compostela, 2008)

Hoje venceu um guerreiro
o mundo e seus protectores.
Dai a volta, pecadores,
sigamos este carreiro
.

Sigamos a solidão
e não queiramos morrer
até ganhar o viver
em tão subida pobreza.
Oh que grande é a destreza
do nosso grande guerreiro!
Dai a volta pecadores,
sigamos este carreiro.
Com armas de penitência,
já nada tem que temer.
Todos podemos valer
seguindo este cavaleiro.
Dai a volta, pecadores,
sigamos este carreiro.
Nunca teve protectores
tomou nos braços a cruz,
Sempre nela achamos luz,
pois a deu aos pecadores.
Oh que ditosos amores
teve este nosso guerreiro!
Dai a volta, pecadores,
sigamos este carreiro.
Ele já ganhou a coroa
e acabou seu padecer,
gozando já o merecer
com mui elevada glória
Oh venturosa vitória
do nosso forte guerreiro!
Dai a volta, pecadores,
sigamos este carreiro.

«A Santo Hilario, Anacoreta»,
Santa Teresa de Ávila,
in Seta de Fogo,
Assírio&Alvim,1989

4 comentários:

  1. Lindo poema. Muito bom este blogue.
    Anad

    ResponderEliminar
  2. bons dias!!

    venho t propor q sigas o carreiro q leva à FLUP na 2º feira... bem sei q não é tão ascetico como o q acabas de fazer... mas há q seguir caminhando...

    Há uma mesa redonda na sala de reuniões às 2 h 30 m sobre gestão de museus, eu vou queres vir ter comigo??

    beij

    ResponderEliminar
  3. Bom fim de semana e bom feriado
    Anad

    ResponderEliminar
  4. Olá, Peregrino!
    Que tal esse caminho? Mágico, seguramente.

    Fico contente por ti.

    Abraço!

    ResponderEliminar

A Democracia exige Responsabilidade individual. Nicks, anónimos ou mensagens insultuosas demonstram faltam de auto-estima, comportamentos associais e incapacidade de lidar com a opinião alheia e, como tal, não serão publicados.