24 de março de 2008

Em Cinfães, nada de novo...

«(...) os concelhos de Resende e Cinfães, os dois que as estatísticas colocam logo a seguir a Felgueiras no “top” nacional de concelhos em que o rácio de desemprego mais subiu nos últimos cinco anos.» (in jornal Público de 21-03-2008).

O município de Cinfães não é uma porção de terra dividida pelos rios Douro, Paiva e Cabrum. É gente. E gente que parte significa a morte da terra. Nem a Câmara Municipal com os seus cofres recheados ou livres de dívidas, e as suas técnicas clientelares têm conseguido inverter a sangria. Ou então, os que saem não têm cartão partidário... É que curiosamente (ou não), os dois municípios que ganharam lugar de destaque no ranking de desemprego são municipíos governados por edis socialistas. Sim, esses mesmos, os do partido que prometia 150.000 novos empregos (ou seria em pregos?).

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Democracia exige Responsabilidade individual. Nicks, anónimos ou mensagens insultuosas demonstram faltam de auto-estima, comportamentos associais e incapacidade de lidar com a opinião alheia e, como tal, não serão publicados.